AGAP RIO DE JANEIRO RETOMA SEDE DIDI
A Prefeitura fez a concessão, em caráter totalmente gratuito, tendo a entidade que arcar apenas com os custos de manutenção do espaço. O prazo é de 20 anos, com vigência a partir de 20 de dezembro de 2016.

alt

19/10/2016 - A AGAP/RJ vinha lutando pela devolução do espaço que era destinado a sede da entidade. Tudo começou com primeira visita à FAAP, em 2011, por parte de ex-atletas com o intuito de reabrir a AGAP/RJ.

Na época, foi realizada reunião organizada pelo deputado Deley que contou ainda o parlamentar Danrlei e o então deputado Romário, hoje Senador, o presidente da FAAP Wilson Piazza, o assessor jurídico José Cácio e o Superintendente Márcio Tannús, além de Fredy, Rogério Hetchmanek e Paulo Cesar Lima, já da AGAP/RJ. Neste encontro, Romário fez contato telefônico com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, agendando reunião para tratar da retomada da Sede Didi.

Na reunião ocorrida na Prefeitura do Rio, em março de 2012, com a presença de Eduardo Paes e seus assessores, onde estiveram também representando a AGAP/RJ, além de Fredy, o deputado Deley, Zico, Gil, Rogério Hetchmanek, Nielsen Elias, Roberto Dinamite, Ernani e outros ex-atletas, ficou acordado que a Prefeitura devolveria o espaço desde que conseguiss recursos suficientes para a manutenção do projeto.

“A partir daí, a AGAP/RJ optou pela união de todas as entidades afins para a obtenção dos objetivos. Começamos, então, sucessivas reuniões não só com a Prefeitura, como também, com aliados, que resultou em carta de intenção no sentido de realizar o trabalho em conjunto para solucionar os problemas da classe e, também, na divisão proporcional das despesas”, relata Fredy.

O terreno, situado na Avenida Alfredo Baltazar da Silveira, no Recreio dos Bandeirantes, bairro logo depois da Barra da Tijuca possui uma área de 9.507 metros quadrados, onde uma parte de 1.696 metros, já foi construída, em 2 pavimentos, por um dos mentores da AGAP/RJ, o ex-atleta e arquiteto Otávio Moraes, com espaço para salas de aula, alojamentos, academia, refeitório, administração/escritórios, almoxarifado, estacionamento, jardins, além de um campo de futebol de grama sintética de 86 m x 62 m, com vestiários.

A atividade principal na sede será a capacitação e reintegração do ex-atleta profissional no mercado de trabalho por meio de cursos de treinador de futebol, gestão esportiva, projetos sociais para as comunidades carentes da região, atendimento social e de lazer.

“Pretendemos, também, ampliar as instalações futuramente com um auditório, uma quadra multiuso para outros esportes e pequenos eventos culturais e atendimento médico, odontológico e fisioterápico e sala de computação. Já estamos em contato com instituições de ensino, para convênios e parcerias”, ressalta Fredy.

O presidente da AGAP/RJ, Miguel Ferreira Pereira agradece a Prefeitura do Rio e todos os envolvidos direta e indiretamente nesta conquista.


Assessoria de Comunicação

Sistema FAAP/AGAP.

 

Projetos da AGAP

Banner
Banner
Banner

Quem está online

Nós temos 3 visitantes online